PROF ABILIO MACHADO

O que encontrará aqui são informações são do próprio autor e outras colhidas nos jardins cósmicos e todas são identificadas.

Outros rabiscos dizem respeito a trabalhos acadêmicos, poesias, contos, historietas, peças teatrais e cada uma a espiritualidade se apresenta num relação íntima com a psicologia, a sexualidade e a arte... Vive L'art!

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Terapia de Casal

 Você precisa? Veja os sinais

Se você começou a ler esse texto porque acredita que está passando por momentos difíceis no relacionamento, continuar a leitura pode ser o primeiro passo para uma mudança.
Essa transformação pode ocorrer por meio da terapia de casal, um possível recurso para quem está passando por uma fase conturbada e percebeu que a solução não está na persistência, mas sim na elucidação.
E para te ajudar a identificar alguns fatores que mostram que a união está precisando de atenção listamos aqui alguns sinais de que é preciso mudar:

“REBAIXAMENTO” DE UM DOS DOIS

No relacionamento é indispensável que ambos se sintam importantes e participativos na rotina do casal. Se uma das partes começa a se sentir deixada de lado, desqualificada ou até incomodada, mesmo que não saiba o porquê, isso precisa ser resolvido para que não cause um maior atrito ou distanciamento.

UMA CONCORDÂNCIA: ALGO NÃO VAI BEM

Como dito no item anterior, ambos precisam se sentir importantes. Por isso, quando o casal chega à conclusão de que as coisas não estão indo bem e a relação não está seguindo como deveria, essa aceitação dos dois já é um grande sinal de que é preciso fazer uma mudança rápida na situação.

PERDA DA INDIVIDUALIDADE

Outro fator prejudicial é a falta de equilíbrio entre a “vida em casal” e a “vida como indivíduo”. Quando uma das partes perde sua individualidade para viver em função do casal, ela se torna co dependente emocional, deixando de lado seus interesses e gostos para se doar aos do parceiro. Esse é um indicativo de que está na hora de retomar a sua individualidade.

PERDA DA CONJUGALIDADE

Em um caso oposto ao fato acima, a falta de “viver em casal” também é um problema. Isso acontece quando a individualidade se sobrepõe à vida em par. Assim, o relacionamento vai saindo de cena e se perde o equilíbrio na relação. Com isso, ambos se afastam e a importância do vínculo pode ser colocada em dúvida.

PROBLEMAS CONJUGAIS VISTOS COMO PESSOAIS

É necessário saber distinguir problemas pessoais e conjugais. Isso porque se uma dificuldade do casal é encarada como uma questão individual, uma das partes fica sobrecarregada. Por isso, é necessário dar importância a todos os contratempos, conversar e buscar uma solução já que sem apoio fica difícil se manter em pé.
Caso tenha reconhecido alguma dessas situações no seu relacionamento talvez esteja na hora de procurar pela terapia de casal para buscar resolver esse quadro, agende uma consulta.

fonte: http://www.marilzamestre.com